Juan Mata (L) comemora pontuação para Manchester unido contra Brighton.

Amex Stadium, quarta rodada da Carabao Cup: Brighton 0 Manchester United 3 (McTominay 44, Mata 73, Pogba 80).

CRÉDITO DE IMAGEM: GETTY IMAGES

Por eurosport

Juan Mata inspirou o Manchester United a uma vitória por 3 a 0 sobre o Brighton, garantindo sua vaga nas quartas-de-final da Carabao Cup, quatro dias depois de derrotar polêmicamente o Seagulls na Premier League. Ole Gunnar Solskjaer fez 10 alterações na equipe que venceu por 3 a 2 no sábado, incluindo a contratação de Donny van der Beek no verão, mas viu a maioria de seus jogadores não impressionar.

O Brighton, que fez nove alterações ao seu onze inicial, conseguiu as melhores oportunidades na primeira parte, com Alireza Jahanbakhsh e Alexis Mac Allister a ficarem perto.

Mas foram os visitantes que assumiram a liderança na jogada do intervalo, com um livre brilhante de Mata de cabeça de Scott McTominay não marcado. Neal Maupay e Leandro Trossard entraram no jogo no início do segundo tempo e os donos da casa tiveram mais posse de bola, já que os meio-campistas do United ficaram muito longe, prestando pouco serviço a Odion Igahlo, enquanto Daniel James não conseguiu entrar no jogo. Os visitantes devem agradecer a Dean Henderson pela excelente defesa ao remate de Trossard. E contra a corrente do jogo, o United dobrou sua liderança quando Mata marcou com uma finalização baixa e fria do giro de Van de Beek.

A equipa de Solskjaer marcou o terceiro no final do jogo, quando o livre do suplente Paul Pogba sofreu um desvio na parede e entrou em campo para encerrar uma exibição clínica.

PONTO DE FALA

O United teve outro desempenho clínico sem jogar tão bem. Semelhante às vitórias sobre Luton e Brighton na Premier League, o United aproveitou as chances de bola parada esta noite. Mas, de modo geral, a tática de Solsjkaer de relaxar com lentidão e não criar muitas chances é desanimadora, dado o talento de sua equipe. No lado positivo, Henderson fez algumas boas defesas, enquanto Mata e Van de Beek fizeram fortes argumentos para jogar contra o Tottenham no domingo.

HOMEM DO JOGO

Juan Mata (Manchester United): O jogador de 32 anos lembrou a todos a sua classe e fiabilidade com um golo e uma assistência. Ele aproveitou uma rara partida para flutuar em um cruzamento brilhante para o primeiro jogo de McTominay e então garantiu a vitória com um final tranquilo.

AVALIAÇÕES DO JOGADOR BRIGHTON:

Steele 5, White 5, Dunk 6, Burn 7, Veltman 6, Molumby 4, Mac Allister 7, Gross 5, Bernardo 6, Jahanbakhsh 6, Gyokeres 4. Subs: Maupay 5, Trossard 6, Sanders n / a. MANCHESTER UNITED: Henderson 8, Dalot 5, Bailly 6, Lindelof 6, Williams 6, McTominay 7, Fred 4, Mata 8, Van de Beek 7, James 4, Ighalo 5. Subs: Pogba 6, Rashford 5.

MOMENTOS CHAVE

17 ‘- CHANCE! Mata se sai bem ao trocar passes com Williams e encontra Ighalo, que contorna o goleiro e arremessa a bola para a rede lateral.

44 ‘- META PARA UNIDOS! McTominay não marcado marca na cobrança de falta resultante, cabeceando em cruzamento de Mata. Brighton desligado.

68 ‘- BIG SAVE! Henderson mergulha para a esquerda para evitar o primeiro chute de Trossard do cruzamento de Gross.

73 ‘- META PARA UNIDOS! É Mata, que junto com Henderson tem sido o intérprete de destaque. O adorável toque de Van de Beek encontra o espanhol que o enfia no canto inferior.

80’- META PARA UNIDOS! A partir da cobrança de falta resultante, a cobrança de falta de Pogba rebate a parede e voa para o canto superior do poste próximo.

86 ‘- BOA ECONOMIA! Van de Beek passa para Dalot, mas Steele sai rapidamente para abafar o tiro.

STAT CHAVE Mata esteve diretamente envolvido em 13 gols em suas últimas 15 partidas pelo Manchester United em todas as competições (cinco gols e oito assistências).

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese