Libertadores: Pablo desencanta, São Paulo goleia ‘saco de pancadas’ e se classifica à Sul-Americana

Com a vitória, o time tricolor assegura a terceira colocação do grupo D.

© Getty Images

Por ESPN

Já eliminado da Conmebol Libertadores, o São Paulo goleou o Deportivo Binacional, o grande “saco de pancadas” desta edição da competição, por 5 a 1 nesta terça-feira, no Morumbi, na despedida do torneio continental.

Com a vitória, o time tricolor assegura a terceira colocação do grupo D e consequentemente uma vaga no mata-mata da Copa Sul-Americana.

Mesmo em um jogo sem tanto valor e diante de um rival que entrou em campo tendo levado 20 gols até aquele momento na competição, Fernando Diniz colocou o que tinha de melhor à disposição. Vitor Bueno, Brenner, Pablo (voltando a marcar após 12 jogos de seca) e Arboleda fizeram os gols tricolores.

O Binacional fez o seu gol, o terceiro na competição, sendo que todos foram contra o São Paulo, quando o time tricolor vencia por 2 a 0. E foi também um golaço, sem qualquer chance para Tiago Volpi.

A equipe peruana se despede na lanterna tendo feito seus únicos três pontos justamente diante da equipe de Diniz, em casa, na rodada de abertura.

Ficha técnica

São Paulo 5 x 1 Binacional

GOLS: Vitor Bueno, Brenner, Pablo 2x, Arboleda (SPA); Deza (BIN)

 BINACIONAL: Raúl Fernández; Ángel Pérez, Mancilla, Fajardo e Reyes; Labrin, Guachire, Ojeda, Angles e Arango (Guiarte); Zeta (Deza) Técnico: Javier Arce

 SÃO PAULO: Tiago Volpi; Tchê Tchê, Arboleda, Bruno Alves e Leo Pelé; Luan (Toró), Daniel Alves (Nestor) e Igor Gomes (Boia); Vitor Bueno (Helinho), Brenner (Trellez) e Pablo Técnico: Fernando Diniz

Estatística

Binacional fez 3 gols na Libertadores, todos contra o São Paulo

Binacional levou 245 gols na Libertadores

São Paulo teve 79% de posse de bola no 1º tempo

Brenner tem 9 gols em 19 jogos em 2020

São Paulo levou 11 gols em 6 jogos na Libertadores

Pablo voltou a marcar depois de 12 jogos

Primeiro tempo de golaços

O São Paulo abriu o placar aos 7 minutos com um golaço de Vitor Bueno. O camisa 12 arriscou de longe e acertou o ângulo do gol peruano.

A equipe de Fernando Diniz dominava a posse, mas não agredia muito o adversário, que se fechou na defesa. Mesmo assim, o time tricolor marcou o segundo com Brenner, em um lance de oportunidade onde ele estava em posição duvidosa, aos 35 do primeiro tempo.

Mesmo sendo um dos piores times da Libertadores, o Binacional fez o seu gol aos 40 do primeiro tempo, com Deza, em um chute no ângulo e indefensável para Tiago Volpi.

São Paulo desencanta no segundo tempo

A conversa no intervalo com Fernando Diniz parece ter dado certo. Logo aos 6 minutos, Pablo fez um golaço de voleio e quebrou um jejum de 12 jogos sem marcar.

Aos 9, Arboleda, preterido por Diniz, fez o quarto do São Paulo. O zagueiro equatoriano não havia sido utilizado nos 10 jogos anteriores.

Já aos 40 do segundo tempo, Pablo fez mais um gol e fechou a conta para o time tricolor.

Classificação 

GRUPO D

1. River Plate- 13 pontos

2. LDU – 10 pontos

3. São Paulo – 7 pontos

4. Binacional

 – 3 pontosPróximos jogos

O São Paulo volta a campo neste final de semana.

Domingo, 25/10, 20h30*, São Paulo x Fortaleza, Copa do Brasil

*horário de Brasília.

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese