Palmeiras vence com volta de convocados e encerra jejum de vitórias no Brasileiro

Equipe de Abel Ferreira acumulava cinco partidas sem vencer na competição

Jogadores de Palmeiras e Inter disputam bola no Allianz Parque – Amanda Perobelli/Reuters

Por Folhapress

SÃO PAULO

O Palmeiras terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro candidato ao título e a quatro pontos do líder Atlético-MG. Menos de dois meses depois, a equipe alviverde amargou sequência de cinco partidas sem vitória no torneio e corria o risco de terminar a 27ª rodada fora da zona de classificação para a Copa Libertadores.

Neste domingo (17), o clube paulista contou com a volta de jogadores que serviram suas seleções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo para vencer o Internacional por 1 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo, e espantar a má fase.

Com o resultado, o Palmeiras se recupera no campeonato e permanece no bloco de cima da tabela. A equipe, que já foi líder do Brasileiro, chegou a 43 pontos e está 13 atrás do Atlético-MG, que foi derrotado neste domingo pelo Atlético-GO.

Contra o Inter, o time de Abel Ferreira teve o retorno de jogadores de peso no setor defensivo. Voltaram o goleiro Weverton, o zagueiro Gustavo Gómez e o lateral esquerdo Piquerez. Eles defenderam, respectivamente, as seleções de Brasil, Paraguai e Uruguai nas Eliminatórias e foram ausências nas últimas partidas.

Além dos jogadores convocados para suas seleções, Zé Rafael, no meio, e Marcos Rocha, na lateral direita, se recuperaram de lesões e também voltaram à equipe titular.

Modificado, o Palmeiras voltou a jogar bem. Apesar de sofrer com contra-ataques, a equipe alviverde dominou a partida desde o início, conseguiu encontrar espaços no sistema defensivo do Inter, criou chances de gol e empolgou os mais de 10 mil torcedores presentes nas arquibancadas do Allianz.

Com atuação sólida, os reforços palmeirenses deram consistência e fluidez à transição de bola da equipe de Abel, mais criativa que as partidas anteriores. Antes mesmo dos 10 minutos de jogo, Marcos Rocha acertou a trave e Piquerez desperdiçou boa chance após bate-rebate dentro da área.

O gol da partida, porém, aconteceu em jogada de bola parada. Raphael Veiga converteu pênalti no início do segundo tempo após Cuesta tocar a mão na bola. No lance, Edenilson, do Inter, foi expulso por reclamação. Ele também voltou à equipe gaúcha após defender a seleção brasileira.

Com um a mais, o Palmeiras administrou o resultado e conquistou vitória que era considerada fundamental. Se perdesse, o time seria ultrapassado pelo Inter e podia terminar a rodada na sétima posição do Brasileiro.

Os times entraram em campo em situações bastante diferentes. O Palmeiras tinha o peso da pior campanha do returno do Brasileiro —antes do Inter, o time venceu apenas uma vez, contra a lanterna Chapecoense, empatou duas (Juventude e Bahia) e perdeu quatro (Flamengo, Corinthians, América-MG e Red Bull Bragantino).

O Inter, por sua vez, tinha trajetória oposta: depois de começar mal o Brasileiro, teve melhores resultados. Em seus últimos oito jogos, venceu cinco, empatou um e perdeu para Atlético-MG e Palmeiras.

Se o título do Brasileiro continua distante, a vitória no Nacional dá confiança para torcida e jogadores —o Palmeiras enfrenta o Flamengo na final da Libertadores, no dia 27 de novembro, no Uruguai.

O resultado também manteve tabu no Allianz Parque. O Palmeiras nunca perdeu para o Internacional no estádio. Até hoje foram seis vitórias e dois empates no local.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (20), contra o Ceará, fora de casa. Um dia depois, o Inter enfrenta o Red Bull Bragantino, na quinta (21), em Porto Alegre. Ambas as partidas são atrasadas da 19ª rodada do Brasileiro.

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese