Santos mostra ataque inoperante, perde do Athletico e cai na Copa do Brasil

Santistas dão adeus ao torneio de mata-mata e veem paranaenses se classificarem à semifinal

Raniel durante a partida entre Santos e Athletico pela Copa do Brasil – Divulgação/Santos FC

Por Folhapress

SÃO PAULO

Pouco criativo e sem pontaria nas finalizações, o Santos não conseguiu reverter a vantagem do Athletico e ainda foi derrotado novamente pelo rival nesta terça-feira (14), por 1 a 0, na Vila Belmiro. Com o resultado, acabou eliminado da Copa do Brasil nas quartas de final. Na ida, os paranaenses também venceram por 1 a 0.

Fábio Carille, que fez apenas seu segundo jogo à frente da equipe santista, não conseguiu fazer o time ter o volume ofensivo necessário para buscar ao menos uma vitória pelo placar mínimo, que levaria a disputa para os pênaltis.

Em vantagem, o Athletico soube conter o ímpeto do Santos. Tanto que no primeiro tempo, a equipe da Vila teve sete finalizações, mas somente três no alvo. Com exceção ao chute de Marinho, as demais quase não exigiram esforço do goleiro Santos.

O camisa 11, aliás, foi caçado durante os 45 minutos iniciais. Marinho teve pouco espaço para atacar e, quando conseguia alguma brecha, era derrubado com falta. Foram cinco antes do intervalo.

Os visitantes levavam mais perigo nos contra-ataques e conseguiram entrar na grande área com facilidade, mas também pecavam nos arremates. Tiveram quatro finalizações, mas nenhuma certa. O empate sem gols, contudo, já era suficente para os paranaenses.

O segundo tempo, apesar de mais movimentado, teve um cenário bem parecido com o do primeiro. Nem mesmo a estreia de Diego Tardelli, que entrou aos 22 minutos da etapa final no lugar de Carlos Sánchez, conseguiu aumentar o volume de chances santistas.

Com o passar do tempo, o Santos precisou se expor mais e os espaços na defesa começaram a surgir. E Athletico acabou chegando ao gol, aos 33 minutos, com Zé Ivaldo, em uma bela finalização. O Santos chegou a empatar com Marcos Leonardo, mas o gol foi anulado por impedimento. Antes do fim do jogo, o volante Cristian foi expulso e os visitantes terminaram com um a menos.

Na próxima fase, a equipe paranaense vai enfrentar o vencedor do duelo entre Flamengo e Grêmio. No jogo de ida, os cariocas venceram em Porto Alegre, por 4 a 0. A partida de volta será nesta quarta-feira (15), no Maracanã, com a presença de torcida.

Agora, o time de Fábio Carille vai concentrar suas forças no Campeonato Brasileiro. A equipe está próxima da zona de rebaixamento, na 13ª posição, com 23 pontos, apenas dois a mais do que o América-MG, primeiro na zona de descenso.

No sábado (18), o clube da Vila Belmiro volta a campo para enfrentar o Ceará, às 21h, fora de casa, pela 21ª rodada do Nacional.

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese