Sem Haaland, City faz penúltimo jogo antes de estreia no Mundial; veja como o time vai com e sem o norueguês

Com estresse ósseo no pé, atacante não tem presença confirmada no torneio

Haaland não está confirmado no Mundial de Clubes da Fifa — Foto: Darren Staples / AFP

O GLOBO

Já classificado para as oitavas de final da Champions League e com 100% de aproveitamento na competição, o Manchester City entra em campo às 14h45 de hoje, contra o Estrela Vermelha, pela última rodada da fase de grupos. Mais do que isso, essa será a penúltima partida do time do técnico Pep Guardiola antes da estreia no Mundial de Clubes, no próximo dia 19. Haaland, grande artilheiro da equipe, segue fora com um estresse ósseo em um dos pés.

Essa será apenas a terceira vez na temporada que Haaland ficará de fora de um jogo do City. No último domingo, ele esteve de fora da vitória por 2 a 1 contra o Luton Town, e em setembro, ficou no banco na derrota por 1 a 0 contra o Newcastle, pela Copa da Liga Inglesa. Dos 24 jogos do Manchester City até aqui, o centroavante entrou em campo em 22, com 19 gols e 14 vitórias. Na Premier League, competição que lidera a lista de artilheiros, são 14 bolas na rede em 15 partidas.

Antes de enfrentar o Luton Town, Guardiola falou da possibilidade de Haaland estar à disposição para o jogo do próximo sábado, contra o Crystal Palace. Será o último antes da viagem dos ingleses para o Mundial de Clubes. Mesmo sem uma lesão mais séria, a presença do artilheiro não está confirmada.

— É somente estresse (a lesão) Temos que olhar dia por dia, semana após semana. Ele pode estar pronto contra o Crystal Palace, quem sabe para a Arábia Saudita (Mundial de Clubes). Ele quer estar à disposição. Vamos ver se estará pronto contra o Palace — falou Guardiola.

Dupla que funciona

Fato é que o Manchester City necessita de um dos seus principais jogadores não só para o torneio no Oriente Médio, mas também para tentar dar a volta por cima no campeonato inglês. Com 33 pontos, a equipe ocupa a quarta colocação, com quatro pontos a menos que o líder Liverpool.

Julian Álvarez, ex-River Plate, é o substituto direto de Haaland na posição de centroavante do Manchester City — Foto: Paul ELLIS / AFP

Sem Haaland, Guardiola pode manter o esquema que utilizou nas duas vezes que o atacante não esteve em campo, com Julian Álvarez de centroavante e Jack Grealish pela ponta esquerda. Titular mesmo com o norueguês em campo, o argentino vinha sendo posicionado mais por fora da área. Sem o 9, é de Álvarez a responsabilidade ocupar o comando do ataque.

Contra o Luton Town, por sinal, Álvarez e Grealish foram os protagonistas do gol que deu a vitória ao City. Quase no meio campo, o argentino recebeu bola de Foden e deu passe rasgando a área para o camisa 10 inglês finalizar no segundo pau.

Grealish observa bola entrar no gol que deu a vitória ao City contra o Luton Town — Foto: JUSTIN TALLIS / AFP

Além de Haaland, o Manchester City tem também como possíveis desfalques os titulares Doku e Kevin De Bruyne. O atacante sofreu uma lesão muscular em local não divulgado na última semana e tinha previsão de recuperação entre uma e duas semanas. Já o meia, que passou por cirurgia em agosto por contusão muscular na coxa direita, já voltou a trabalhar em campo mas ainda não treinou com a equipe. Mesmo inscrito no Mundial, são baixas as chances de que ele entre em campo na competição.

— O Mundial talvez seja um pouco cedo para ele, não sei. Kevin vai voltar quando puder, não o apressamos. Quando ele voltar, vamos recebê-lo de braços abertos — falou Guardiola.

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese