Sport e Atlético-MG fazem um duelo eletrizante na Ilha do Retiro, com vitória do Galo nos minutos finais.

Mesmo com a derrota em casa, o Sport garante a permanência na Série A do Brasileirão em 2021. Com 42 pontos, na 14ª posição, o Leão da Ilha não pode mais ser alcançando pelo Vasco, que empatou com o Corinthians e ficou estacionado nos 38 pontos. 

Jair faz o primeiro gol do Atlético Mineiro. IMAGENS/Reprodução/ge

Por Phbwebcidade

Tudo igual no primeiro tempo entre Sport e Atlético-MG na Ilha do Retiro

O Galo iniciou o confronto ditando o que seria a partida, com mais posse de bola e concentrando o jogo no campo de ataque. Já aos sete minutos, Jair aproveitou rebote de Luan Polli na pequena área e abriu cedo o placar. O Leão reagiu e, aos poucos, saiu mais para o ataque, chegando com perigo nos contra-ataques e empatando com Dalberto os 33. O empate leva o Sport aos 43 pontos e, por enquanto, garante a permanência do Rubro-negro na Série A. Já o Galo passa aos 63 e vai subindo, temporariamente, ao terceiro lugar.

Atlético-MG faz um duelo eletrizante na Ilha do Retiro com Sport

Tendo maior posse de bola e concentrando o jogo no campo de ataque, a equipe comandada pelo argentino Jorge Sampaoli abriu o placar cedo na partida, aos sete minutos com Jair, mas cedeu o campo aos donos da casa e viu o Leão empatar com Dalberto aos 33. Na volta do intervalo, a mesma história quase se repetiu, com Rafael Thyere marcando contra no comecinho da etapa complementar, aos 4 minutos, e Thiago Neves retomando o empate, de pênalti assinalado pelo VAR, aos 42. Quem mudou a história da partida e garantiu desfecho diferente foi Marrony, marcando já nos acréscimos, aos 52, em bonita jogada individual. O treinador do Galo, o argentino Jorge Sampaoli, ainda foi expulso por reclamação após a marcação do pênalti rubro-negro e não estará à frente do banco do Galo na rodada final.

Escalações

Técnico: Jorge Sampaoli

Atlético-MG 4-4-3: Éverson – Guga, Réver (C), Júnior Alonso, Guilherme Arana – Jair, Allan, Calebe – Jefferson Savarino, Eduardo Sasha e Keno.

Técnico: Jair Ventura

Sport 5-4-1: Luan Polli – Patric, Rafael Thyere, Chico, Adryelson, Júnior Tavares – Thiago Neves, Marcão, Ronaldo Henrique, Marquinhos – e Dalberto.

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese