Dr. Rey pede a Bolsonaro uma vaga na pasta do Ministério da Saúde.

Apresentador e médico Dr Rey pede ao presidente Bolsonaro uma vaga no Ministério da Saúde e diz que é a favor da hidroxicloroquina no Brasil.
FOTO: Reprodução
Por: Marcos CunhaPhbwebcidade  – Parnaíba PI.

Nesta sexta-feira (15), o apresentador e cirurgião plástico Dr. Rey publicou um uma live em suas redes sociais.

No live ele pede a Bolsonaro para assumir a vaga no Ministério da Saúde.

“Bolsonaro me considere como Ministro da Saúde porque trago idéias americanas. Apoio à hidroxicloroquina. E trago novas idéias como anticorpos de Israel. Esses governadores e prefeitos são ditadores. Todos estão contra a constituição. Isso não acontece num país livre”.

SAIDA DE NELSON TEICH

Nelson Teich deixou a pasta depois de ser constrangido em público do anúncio do presidente Bolsonaro em que decretava como serviços essenciais, academia, salão de beleza, e barbearia. Depois o presidente diz que vai protocolar a cloroquina para pacientes em estado iniciais da covid-19. Com isso levando ao ex-ministro da saúde pedir demissão.

Com a mudança de ministros em menos de um mês o Ministério da Saúde passa por uma situação difícil devido a diferença de ideologia relacionado a liberação da cloroquina.

Durante uma viagem de avião, Rey diz que o Brasil “ao invés de lutar contra a pior epidemia da história do nosso país, existe uma guerra de ideologia” e confessa apoiar o uso da cloroquina. Segundo ele, “dois estudos provaram que ela funciona com poucos riscos”.

Ele disse que apoia Bolsonaro 100% porque o seu plano é o mesmo dos Estados Unidos. E disse que está indo fazer cirurgias por que os Estados Unidos abrem esta semana,

Usando máscara, o cirurgião explica ainda que, caso assumisse o Ministério da Saúde, traria ideias “de fora”.

“Nós abrimos o Brasil e protegemos o grupo de risco com uso de máscaras e isolamento social. Eu trago ideias de fora e vamos proteger a economia também. Apoio 100% o presidente Bolsonaro.  Aqui  quem fala é Dr. Rey e peço que seja cogitado como Ministro da Saúde”, diz.

Ao falar dos números de mortes e infectados pela Covid-19, ele afirmou que o país “está em queda livre” e que ele está “muito preocupado com a situação”.

Compartilhe esta notícia!

Atividade Principal: Editor de Jornais Diários Independente. CNAE - 58.12 - 3/01. Formação: Pedagogo e Especialista em Psicopedagogia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese