Pena para ladrões pode ir a 10 anos; ‘Só partidos de esquerda votaram contra’, diz Delegado Palumbo

Câmara aprovou regime de urgência do Projeto de Lei 3780/2023, que prevê até quatro anos de reclusão para acusados por furto e até 10 para roubo; deputado sugere que ‘eleitor verifique se seu candidato está a favor da população’; ASSISTA

Câmara dos Deputados em Brasília/Estadão

Estadão

A Câmara dos Deputados aprovou regime de urgência do PL 3780/2023, que prevê o aumento de penas de prisão para os crimes de furto e roubo. O aumento da pena pelo crime de furto de 1 ano para 4 de reclusão. Já para os crimes de roubo, a pena passaria de 4 anos para 10. “Partidos de esquerda, como sempre, estão a favor de bandidos”, afirma o deputado Delegado Palumbo. “Votaram contra.”

Palumbo destaca a ‘importância de o povo acompanhar seus políticos’. “O eleitor precisa saber se seu candidato está votando a favor da população.”

O projeto é de autoria do deputado Kim Kataguiri (União Brasil-SP). O relator é o deputado Alfredo Gaspar (União-AL). O texto está em curso na Comissão de Constituição e Justiça.

“Chega de leniência com a atividade criminosa. Tolerância zero e penas em dobro!”, prega Kim Kataguiri, em sua justificativa pelo aumento da punição a ladrões. Em sua avaliação, ‘as penas (atuais) não são suficientes para coibir a ação criminosa, fora a progressão de regime de cumprimento de pena que colabora para que criminosos fiquem menos tempo na cadeia’.

“A certeza da impunidade faz o crime valer a pena”, afirma.

Compartilhe esta notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese